Defesa do Evangelho busca a prática sincera dos verdadeiros ensinos do SENHOR JESUS CRISTO. “...Sabendo que fui posto para defesa do evangelho. Mas que importa? Contanto que Cristo seja anunciado de toda a maneira, ou com fingimento ou em verdade, nisto me regozijo, e me regozijarei ainda” (Filipenses 1.17-18). Participe dessa Defesa! Deixe o seu comentário ao final do artigo ou escreva para o nosso email: adielteofilo7@gmail.com

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

PENSAMENTOS

O Evangelho somente deixará de ser negócio quando todos prestarem contas ao dono das Boas Novas.

A felicidade do casal está em se ajustar pelas virturdes e não se confrontar pelos defeitos.

O diálogo é fundamental em qualquer relacionamento humano, tal como a oração entre os homens e Deus.

Devemos ser como árvore frutífera: ainda que ninguém vá colher os frutos, continua produzindo generosamente.

Se todos os relacionamentos se tornassem homossexuais, a humanidade seria extinta em menos de um século.

A reforma protestante não foi capaz de tirar a iniquidade do meio da igreja, mas o Senhor Jesus Cristo voltará para tirar a sua Igreja do meio da iniquidade.

Concordar com o engano é mais fácil que lutar pela verdade. Aceitar a incredulidade é mais cômodo que buscar a comunhão com Deus.

A mentira ganhou asas,  espalha-se rápido e vai longe, mas a verdade está paralítica, anda com dificuldade e poucos querem aceitá-la.
É mais fácil e mais honroso assumirmos o erro usando poucas palavras, a tentarmos justificá-lo com mil explicações que não mudam a verdade dos fatos.

A verdade do Evangelho não pode ser mudada, ainda que desçam do céu anjos e anunciem a novidade mais arrebatadora do século.
Adiel Teófilo